Busca


imprimir pdf

SERVIÇOS OFERECIDOS POR OVH


Introdução

Com o objectivo de satisfazer os seus clientes, a OVH criou este guia que lhe permite gerir melhor as ofertas propostas no seu manager.

Ver Largura de Banda


1 - Autentique-se no Manager.
2 - Escolhe "Serviços" , e depois "Largura de Banda" .


Consultar as curvas MRTG


1 - Autentique-se no Manager.

2 - Escolhe "Estado do servidor" ícone . Os gráficos encontram-se na secção "Gráficos de tráfego".



Os gráficos permitem-lhe visualizar o tráfego corrente, o tráfego médio, assim como os diferentes picos de tráfego (os MÁXIMOS) e as percentagens dos valores precedentes. O MRTG permite realizar várias curvas sobre a mesma representação gráfica, permitindo assim fazer comparações em tempo real do tráfego, da temperatura dos routers, do número de utilizadores por exemplo.

Exemplo de um gráfico:


DNS Secundário


1 - Autentique-se no Manager.

2 - Escolhe "Serviços" e depois "DNS secundário" .

3 - Clique sobre "Novo domínio" . E introduza o nome do domínio.

Ajuda:InstallSite.

Intervenções


1 - Autentique-se no Manager.

2 - Escolha "Estado do servidor" e clique sobre "Histórico" .

Exemplo:



Boot


1 - Autentique-se no Manager.

2 - Escolha "Serviços" e depois clique em "Netboot" .

Está na lista que lhe permite escolher a maneira de fazer boot à sua máquina. Pode escolher entre fazer boot sobre o seu disco rígido e fazer boot sobre a rede.

Boot sobre o seu disco rígido:

É a opção por defeito. A sua máquina é completamente independente, a partição de boot funciona com o kernel instalado no momento da entrega. Pense em actualizar regularmente o seu kernel para melhorar as capacidades e remover os diferentes bugs. Se deseja implementar o seu kernel personalizado, basta-lhe compilá-lo e instalá-lo no seu disco rígido. Depois, faça reboot à máquina para que ela se reinicia sobre o seu disco incluindo o seu kernel.

Boot sobre a rede:

Se quer ter a máquina sempre com o último kernel em dia, pode escolher muito simplesmente a opção de boot sobre a rede (com condição de que a sua máquina é capaz de fazer boot sobre a rede). Pode escolher entre 2 tipos de kernels: standard ou com grsecurity (um patch que aumenta a segurança do seu servidor). Logo que fez a sua escolha, pode fazer reboot à sua máquina conectando-se em SSH/Telnet/webmin e marcando /sbin/reboot. A sua máquina quando fizer o reboot vai tomar o kernel que escolheu sobre a rede.

Também, se fez boot sobre o seu kernel personalizado e não funciona (a máquina não faz boot), escolha boot sobre a rede e depois faça reboot hard à máquina através do manager. Vai recuperar o acesso à máquina ao fazer o boot sobre o kernel na rede e vai poder corrigir o seu kernel personalizado.

A implementação e a modificação das opções de boot são imediatas (no próximo reboot irá ser usada a escolha efectuada). Mas certifique-se que o seu servidor faz boot sobre a rede e que as opções que escolheu estão correctas.


Monitoring


1 - Autentique-se no Manager.

2 - Escolha "Estado do servidor" e clique em "Monitoring" .

Monitoring da sua máquina 24/7 com alertas por mail.

Poderá fazer monitoring (em 'Serviço de Monitorização')a alguns dos serviços em execução no seu servidor (ex: http, ftp, ssh...). Pode escolher o intervalo de tempo em que quer que a sua máquina seja monitorizada (5 min., 30 min., 60 min e 6 hrs) e receber alertas num email da sua escolha.


Reboot


1 - Autentique-se no Manager.

2 - Clique em "Serviços" e depois em "Reboot" .

Este método de Reboot poderá fazer com que a sua máquina demore algum tempo adicional até estar "up", pois, normalmente são efectuados alguns testes de integridade ao disco e hardware após o corte de energia e a sua posterior re-alimentação.