Busca


imprimir pdf

Como testar gratuitamente uma oferta HA sobre o meu servidor dedicado?


Introdução


De forma permitir-lhe descobrir as nossas ofertas de Alta Disponibilidade, colocamos a sua disposição um espaço de teste que pode utilizar a partir de qualquer servidor dedicado em locação na OVH. Uma vez configurada, este espaço será visto pelo o seu servidor como fazendo parte do seu sistema de ficheiro. Poderá assim testar as possibilidades desta oferta e dar-lhe uma ideia precisa da utilidade que poderá ter. A utilização deste espaço de teste é gratuita e sem compromisso.

Atenção! Trata-se de um espaço de teste. Ele está acessível por toda a gente, ao mesmo tempo em leitura e em escrita. É então inútil de armazenar lá ficheiros porque estes poderiam ser suprimidos a todo momento. Este espaço só têm por objectivo testar a solução.

Pré-requisitos


Antes de começar, deve assegurar-se que o seu servidor dedicado está configurado para utilizar uma oferta de Alta Disponibilidade. Temos então de especificar alguns pontos.

O kernel

O kernel Linux utilizado pelo o seu servidor deve ser superior ou idêntico a versão 2.4.28 fornecido pela OVH. Se não é o caso, deverá escolher o último kernel disponível sobre o netboot a partir do seu Manager (KernelNetboot) ou instalar um novo kernel sobre o seu disco rígido (KernelInstall) e fazer o reboot do seu servidor.

As ferramentas

Para utilizar uma oferta Alta Disponibilidade, algumas ferramentas devem ser instaladas no seu servidor dedicado. Para verifica se estão bem instaladas, vamos executar este comandos em SSH:

[root@julien root]# rpm -qa | grep portmap
portmap-4.0-54

[root@julien root]# rpm -qa | grep nfs-utils
nfs-utils-0.3.3-5


Se nada aparece, é que os pacotes RPM estão ausentes. Temos então de instalar os pacotes necessários com a ajuda dos seguintes comandos:



E verificar que o daemon portmap está bem iniciado:

[root@julien root]# /etc/init.d/portmap start
Inicio de portmapper : [OK]

[root@julien root]# /etc/init.d/portmap status
portmap (pid 30456) em curso de execução


Configuração


Vamos começar por criar o directório no qual será "montado" o espaço teste. Vamos chama-lo por exemplo /home/HA:

[root@julien root]# mkdir /home/HA


O espaço de teste encontra-se sobre uma máquina acessível por todos os servidores dedicados em locação, qualquer que seja o endereço IP. Para aceder a este espaço, deve ver o seu endereço IP e a rede associada:

[root@julien root]# ifconfig eth0
eth0 Lien encap:Ethernet HWaddr 00:E0:4C:80:60:DA
net adr:213.186.38.XX Bcast:213.186.38.255 Masque:255.255.255.0
UP BROADCAST RUNNING MULTICAST MTU:1500 Metric:1
RX packets:22426179 errors:0 dropped:0 overruns:0 frame:0
TX packets:34693811 errors:0 dropped:0 overruns:17 carrier:0
collisions:0 lg file transmission:1000
RX bytes:1772218808 (1690.1 Mb) TX bytes:1738140900 (1657.6 Mb)
Interruption:11 Endereço de base:0xec00


No nosso exemplo, o endereço IP do servidor dedicado é 213.186.38.XX, a rede do servidor é 213.186.38.0. Para determinar o endereço IP a partir do qual o espaço teste será acessível, basta adicionar 234, ou o endereço IP 213.186.38.234. Vamos editar o ficheiro de configuração que gere os pontos de montagem (/etc/fstab) e adicionar lá esta linha no final do ficheiro :

[root@julien root]# pico /etc/fstab
....
....
213.186.38.234:/test /home/HA nfs rw 0 0



Ctrl-X e Y ou O para guardar e sair


E óbvio, que deve modificar o endereço IP indicado em função da sua rede. Uma vez guardado, basta montar o espaço teste e verificar que ele está bem acessível:

[root@julien root]# mount /home/HA

[root@julien root]# ls -al /home/HA/
total 24
drwxr-xr-x 3 root root 4096 mar 17 16:51 .
drwxr-x--x 26 root root 4096 mar 17 19:03 ..
drwx------ 2 root root 16384 mar 17 15:47 lost+found
-rw-r--r-- 1 root root 0 mar 17 16:51 test



Pode agora utilizar este espaço como se ele fosse parte do seu sistema de ficheiros e testar a sua eficiência copiando ficheiros (o espaço está limitado a 1 GB). Se dispõe de vários servidores, pode tentar montar este espaço de teste a partir de todos os servidores para testar a utilização do espaço em modo "partilhado". Pode por exemplo montar o espaço a partir de um primeiro servidor:
[root@julien root]# ifconfig eth0
eth0 Link encap:Ethernet HWaddr 00:E0:4C:80:60:DA
net adr:213.186.38.XX Bcast:213.186.38.255 Masque:255.255.255.0

[root@julien root]# mount /home/HA

[root@julien root]# ls -al /home/HA/
total 24
drwxr-xr-x 3 root root 4096 mar 17 16:51 .
drwxr-x--x 26 root root 4096 mar 17 19:03 ..
drwx------ 2 root root 16384 mar 17 15:47 lost+found
-rw-r--r-- 1 root root 0 mar 17 16:51 test


E monta-lo a partir de um segundo servidor (para este servidor, o número de rede é 42, a linha a adicionar no ficheiro /etc/fstab sera 213.186.42.234:/test /home/HA nfs rw 0 0) :

[root@seb root]# ifconfig eth0
eth0 Lien encap:Ethernet HWaddr 00:E0:4C:B0:37:A0
inet adr:213.186.42.XX Bcast:213.186.42.255 Masque:255.255.255.0

[root@seb root]# mount /home/HA

[root@seb root]# ls -al /home/HA/
total 24
drwxr-xr-x 3 root root 4096 mar 17 16:51 .
drwxr-x--x 26 root root 4096 mar 17 19:03 ..
drwx------ 2 root root 16384 mar 17 15:47 lost+found
-rw-r--r-- 1 root root 0 mar 17 16:51 test


A partir deste servidor, crie um ficheiro sobre o espaço de teste:

[root@seb root]# cd /home/HA/
[root@seb HA]# touch I_Love_HA!


O ficheiro esta visível em tempo real a partir do primeiro servidor:

[root@julien root]# ls -al /home/HA/
total 24
drwxr-xr-x 3 root root 4096 mar 17 19:05 .
drwxr-x--x 26 root root 4096 mar 17 19:03 ..
-rw-r--r-- 1 root root 0 mar 17 19:13 I_Love_HA!
drwx------ 2 root root 16384 mar 17 15:47 lost+found
-rw-r--r-- 1 root root 0 mar 17 16:51 test