Busca


imprimir pdf

Utilizar Crontab em Plesk


Este guia explica a utilização de Crontab a partir da interface Plesk. Este guia dirige-se as pessoas que dispõem de um servidor Plesk.


Tarefas automatizadas


Em Linux, as tarefas podem ser configuradas para serem executadas automaticamente, durante um período de tempo e a determinadas datas. Um administrador de sistema pode utilizar tarefas para efectuar cópias de segurança periódicas, vigiar o sistema, executar scripts personalizados, etc.


Como executar um script automaticamente sobre o servidor dedicado (em crond)?


Primeiro, deve assegurar-se que o script funciona em modo shell, ou seja que é capaz de ser executado a partir da linha de comando.

Depois, ligue-se ao seu servidor Plesk para "Programar" a acção.


Configuração de uma tarefa Cron


Uma vez ligado ao seu Plesk (http://nsXXXXX.ovh.net:8443 substituindo "nsXXXXX" pelo nome da sua maquina, introduza "admin" e a password associada), clique sobre Servidor na coluna a esquerda.

Clique depois em Crontab que se encontra na categoria Serviços.

Clique agora em Adicionar nova tarefa.

Introduza a seguir os valores dos diferentes campos:

  • Minuto - numero inteiro entre 0 e 59.

  • Hora - numero inteiro entre 0 e 23.

  • Dia do mês - numero inteiro entre 1 e 31 (se o mês for especificado, o dia deve estar válido).

  • Mês - numero inteiro entre 1 e 12 (ou abreviação do nome do mês).

  • Dia da semana - numero inteiro entre 0 e 7, 0 ou 7 representando o domingo (ou a abreviação do dia da semana),

  • Comando - o comando a executar. O comando pode ser um comando Linux ou o comando de execução de um script personalizado cujo você é o autor.


Para os valores acima, um asterisco (*) pode ser utilizado para indicar todos os valores válidos. Por exemplo, um asterisco utilizado para o valor do mês significa uma execução do comando todos os meses (tendo em consideração as restrições dos outros valores).

Um hífen (-) entre dois números inteiros indica uma gama de valores inteiros. Por exemplo, 1-4 corresponde aos valores inteiros 1, 2, 3 e 4.

Uma lista de valores separados por uma virgula (,) corresponde a uma lista. Por exemplo, 3, 4, 6, 8 correspondem a estes quatro números inteiros específicos.

A barra oblíqua (/) pode ser utilizada para especificar valores escalonados. Para passar um numero inteiro numa gama, faça-a seguir de /. Por exemplo, 0-59/2 permite definir um minuto em dois no campo dos minutos. Estes valores escalonados também podem ser utilizados com um asterisco. Por exemplo, o valor */3 pode ser utilizado no campo dos meses para passar um mês em três.