Busca


imprimir pdf
Como configurar os "hosts" para as distribuições de virtualização que permitem o uso do modo "bridge" ?

Explicação


OVH permite-lhe que configure as suas máquinas virtuais (VMs)em "mode bridge". Algumas modificações devem ser efectuadas nas VMs para obter uma configuração de rede funcional. A AZUL verá o nome dos ficheiros a editar e por baixo destes terá o conteúdo. Nestas configurações, os campos que devem ser substituídos, aparecerão a VERMELHO.

Pré-requisitos


Um servidor dedicado com Vmware Esxi ou Citrix Xen Server

Ter atribuído um endereço MAC virtual a um IP "Failover"
Saber efectuar uma ligação por SSH

Determinar a gateway do Host


Para poder configurar os Virtual Hosts, terá necessidade de conhecer a gateway da sua máquina host (nsxxx.ovh.net;ksxxx.ovh.net...).
Para este efeito, deverá substituir o último grupo de números que constitui o endereço IP da sua máquina "host" por 254.
Poderá encontrar o IP da sua máquina directamente no email que recebeu aquando da instalação da mesma.

ex :

IP do seu Servidor ( Host ) : 123.456.789.012
IP da gateway do host será então o IP do seu servidor, terminando em .254
Portanto: 123.456.789.254


Debian Like (Debian, Ubuntu...)

ATENÇÃO : Não deverá utilizar o IP principal do seu servidor como gateway !! Não deve em caso algum utilizar : route add default gw dev eth0 senão correrá o risco de originar um corte do IP do servidor virtual.

/etc/network/interfaces
auto lo eth0
iface lo inet loopback
iface eth0 inet static
address IP.FAIL.OVER
netmask 255.255.255.255
broadcast IP.FAIL.OVER
post-up route add IP.DO.SEU_DEDICADO.254 dev eth0
post-up route add default gw IP.DE.SEU_DEDICADO.254
post-down route del IP.DO.SEU_DEDICADO.254 dev eth0
post-down route del default gw IP.DO.SEU_DEDICADO.254


/etc/resolv.conf
nameserver 213.186.33.99

Para o Debian 6, a configuração do servidor DNS faz-se directamente no ficheiro /etc/network/interfaces e deverá encontrar nesse ficheiro a seguinte secção :

#dns-* options are implemented by the resolvconf package, if installed (default)
dns-nameservers 213.186.33.99 #Servidor DNS OVH
dns-search ovh.net #Resolver mais rapidamente os hosts na rede da OVH



Redhat Like (Redhat, Centos...)

ATENÇÃO : Não deverá utilizar o IP principal do seu servidor como gateway !! Não deve em caso algum utilizar : route add default gw dev eth0 senão correrá o risco de originar um corte do IP do servidor virtual.


/etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0
DEVICE=eth0
BOOTPROTO=none
ONBOOT=yes
USERCTL=no
IPV6INIT=no
PEERDNS=yes
TYPE=Ethernet
NETMASK=255.255.255.255
IPADDR=IP.FAIL.OVER
GATEWAY=IP.DO.SEU_DEDICADO.254
ARP=yes
HWADDR=MEU:MA:CV:IR:TU:AL

/etc/sysconfig/network-scripts/route-eth0
IP.DO.SEU_DEDICADO.254 dev eth0
default via IP.DO.SEU_DEDICADO.254 dev eth0

/etc/resolv.conf
nameserver 213.186.33.99

Outras distribuições

ATENÇÃO : não deverá em cso algum utilizar o IP principal do seu servidor como gateway !! Não utilize nunca : route add default gw dev eth0 pois arrisca o corte do IP do servidor virtual.

Eis a configuração de rede que deverá ser introduzida na máquina virtual:

ip : IP.FAIL.OVER
netmask : 255.255.255.255

Será necessário adicionar de seguida à máquina virtual :

route add IP.DO.HOST.254 dev eth0
route add default gw IP.DO.HOST.254

É necessário que de seguida efectue a configuração DNS da sua máquina, para que esta possa fazer a resolução reversa de nomes de domínio.
O IP do servidor DNS a introduzir é 213.186.33.99

FreeBSD 8.0

ATENÇÃO : Não deverá utilizar o IP principal do seu servidor como gateway !! Não deve em caso algum utilizar : route add default gw dev eth0 senão correrá o risco de originar um corte do IP do servidor virtual.

/etc/rc.conf
ifconfig_em0="inet IP.FAIL.OVER netmask 255.255.255.255 broadcast IP.FAIL.OVER"
static_routes="net1 net2"
route_net1="-net IP.DO.HOST.254/32 IP.FAIL.OVER"
route_net2="default IP.DO.HOST.254"

/etc/resolv.conf
nameserver 213.186.33.99

Windows 2003

ATENÇÃO : Não deverá utilizar o IP principal do seu servidor como gateway !! Não deve em caso algum utilizar : route add default gw dev eth0 senão correrá o risco de originar um corte do IP do servidor virtual.

Num primeiro tempo, deverá ligar-se ao painel "Ligações de Rede" (Iniciar > Painel de Controle > Ligações de rede > Ligações à rede Local)
De seguida, selecione Propriedades :



Depois, seleccione Internet Protocol (TCP/IP) :



Vamos agora efetuar a configuração de rede para que a máquina virtual fique a funcionar corretamente:

Endereço de IP: IP Failover
Máscada de Sub-rede: 255.255.0.0 (deve ser alterada depois para 255.255.255.255, ver em baixo)
Gateway: IP.Do.Servidor.254 (a gateway do servidor principal)
DNS: 213.186.33.99



Agora vamos então alterar a Máscara de sub-rede para a correta. Basta ir ao menu "Iniciar", clique em "Executar" e escreva "regedit" .
Após estar dentro da aplicação deverá procurar o valor do seu IP Failover (Editar > Procurar).
Quando encontrar o endereço IP, faça "duplo-clique" no parâmetro "Máscara de sub-rede" e altere-o de 255.255.0.0 para 255.255.255.255, depois valide. Feche o editor de registo (regedit).

No final, para que as modificações sejam tomadas em conta deverá reiniciar o dispositivo de rede (Iniciar > Painel de Controlo > Ligações de Rede > Ligação de Rede Local > Clique com o botão direito do rato > Desactivar)
Espere alguns segundos e volte a activar a placa de rede.

Outras distribuições

ATENÇÃO : Não deverá utilizar o IP principal do seu servidor como gateway !! Não deve em caso algum utilizar : route add default gw dev eth0 senão correrá o risco de originar um corte do IP do servidor virtual.

Eis a configuração de rede que deverá ser introduzida :

ip : o seu IP Failover
netmask : 255.255.255.255

É necessário adicionar as seguintes "rotas" :

route add IP.DO.SEU_DEDICADO.254 dev eth0
route add default gw IP.DO.SEU_DEDICADO.254


Será necessário configurar o DNS na sua máquina, para que este possa fazer as "resoluções" de nomes de domínio. O IP a introduzir é 213.186.33.99